Aguardo-te ❊
Se me perguntarem qual o sentimento que considero mais bonito ou mais importante, vou abrir um sorriso e dizer: o correspondido.

Faz assim: me guarda num cantinho dentro de você.

Clarissa Corrêa.   (via t-a-q-u-i-c-a-r-d-i-a)

Nós fazemos nossa própria sorte, então, chamamos de destino. E qual melhor desculpa para escolher um caminho do que insistir que é nosso destino? Mas no fim, temos que conviver com nossas escolhas. Não importa quem esteja à nossa volta.

Gossip Girl. (via reinverbos)

Eu tô só vendo, sabendo, sentindo, escutando e não posso falar.

Chico Buarque.        (via t-a-q-u-i-c-a-r-d-i-a)

Não choro, não corro, não espero mais nada. Se você vier, ótimo. Caso contrário, eu sigo minha vida como sempre segui.

Caio Augusto Leite. (via reinverbos)

— Às vezes, não entendo você.
— Você nunca me entende, essa é a graça.

John Green  (via sexflyn)

Eu não fumo, eu odeio cigarro, eu odeio atravessar a festa inteira pra chegar até lá fora, eu odeio a amizade instantânea das rodinhas de fumantes que não se conhecem, eu odeio festas em geral, eu odeio papos de festa, eu odeio conhecer gente que não tem nada a ver comigo, e sorrir para os papos mais furados do mundo. Eu sei, eu deveria beber. Mas pra quê? Pra achar essas pessoas legais? Pra suportar o insuportável? Sou cínica demais pra dar esse gostinho ao mundo.

Tati Bernardi.   (via querido—john)

Mas na morte, que diferença! Que desabafo! Que liberdade! Como a gente pode na morte sacudir fora a capa, deitar ao fosso as lantejoulas, despregar-se, despintar-se, desafeitar-se, confessar lisamente o que foi e o que deixou de ser! Porque, em suma, já não há vizinhos, nem amigos, nem inimigos, nem conhecidos, nem estranhos; não há platéia.

Machado de Assis. (via reinverbos)
THEME